Como escapar no ´novo´imposto de turismo
Like Chile

As melhores dicas de viagens para o Chile

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo

fevereiro 2, 2016

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo

O novo imposto na verdade não é tão novo assim, ele existia mas não estava sendo cobrado para estimular o turismo. Infelizmente, para quem viaja, o imposto de 25% (que em fevereiro de 2016 foi reduzido a 6%), já começou a ser cobrado.

Neste post vamos te dar algumas dicas para você ´fugir´ do imposto, porque mesmo os 6%, convenhamos, não é qualquer coisa.

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo-w540-h540

Para começar vamos entender um pouco do que se trata. A partir de 1º de Janeiro de 2016, as despesas gastas via intermediadoras brasileiras sofrerão este acréscimo, ou seja, se você costuma comprar pacotes de agências ou reservar hotéis por elas vai sentir o valor um pouco mais salgado, já que muitas agências vão repassar estes valores ao cliente final, ou seja, você.

Por isso aqui algumas dicas para te ajudar

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo3-w540-h540

RESERVA DE HOTEL

Pago imposto quando: reservo com uma intermediária brasileira, como agências de turismo (como CVC) ou sites de empresas brasileiras (como Decolar).

Não pago imposto quando: reservo diretamente com o hotel ou compro em sites estrangeiros (exemplo Booking).

Atenção: Alguns sites (estrangeiros e nacionais) dão a opção de você reservar o hotel e pagar apenas no check-in, neste caso você também NÃO paga este imposto, o que é o caso do LikeChile Descontos.

Como escapar do novo imposto de turismo.

COMPRA DE PASSAGEM AÉREA

As empresas aéreas estão fora desta regra. Então, teoricamente não deveríamos falar em acréscimo de imposto aqui. O que agradecemos, porque com a alta do dólar já se percebe um aumento nas passagens.

Dica: se você precisa viajar em determinada data reserve com antecedência. Se não precisa viajar em determinada data fique de olho nas mega promos que normalmente lançam nos finais de semana.

Fique de olho no nosso Facebook que quando ficamos sabendo de alguma promo bacana para o Chile a gente posta lá.

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo5-w540-h540

PACOTES:

Pago imposto quando: reservo com um intermediária brasileira, como agências de turismo (exemplo CVC) ou sites de empresas brasileiras (exemplo Decolar).

Não pago imposto quando: reservo diretamente com agências locais ou reservo e pago apenas quando chegar no meu destino, o que acontece ser você viaja com o LikeChile Descontos.

Aqui a questão é que se você esperar chegar no destino para fechar com alguma agência, no mínimo vai perder 1 dia para isso (o que não é nada bom para quem tem poucos dias de férias). A dica é: pesquisar muito no Brasil ou aproveitar os descontos que vários parceiros do LikeChile oferecem para quem faz parte do grupo.

Se você viaja com 6 ou mais pessoas, veja aqui como podemos te ajudar ainda mais.

No final das contas a dica é FUJA dos pacotes que vendem no Brasil.

Como escapar do novo imposto de turismo

DESPESAS DE RESTAURANTES, COMPRAS, ETC.

Todas as despesas que você fizer no exterior, pagas com cartão de crédito internacional, não terão este imposto. Mas atenção o imposto de 6,38% (IOF) continua valendo.

Se você pagar com dinheiro não pagará imposto. Mas deixe para trocar os reais por pesos aqui no Chile, já que no Brasil paga-se um imposto de 1,10% para esta transação.

Como escapar do novo imposto de turismo

RESUMÃO

– Hotéis: contrate diretamente nos hotéis, sites internacionais ou com o LikeChile Descontos. Pague de preferência em dinheiro para não pagar o IOF do cartão de crédito.

– Passeios: contrate diretamente com agências locais ou com o LikeChile Descontos. Pague de preferência em dinheiro para não pagar o IOF do cartão de crédito.

– Despesas de viagem: os gastos do dia-a-dia pague em dinheiro mas troque os reais por pesos no Chile.

Como escapar do ´novo´ imposto de turismo8-w540-h540

BONUS TRACK

O que vale a pena comprar no Chile: clique aqui

Onde comer barato no Chile: clique aqui

Dicas para trocar dinheiro no Chile: clique aqui

Comentarios

2 respostas para “Como escapar do ´novo´ imposto de turismo”

  1. Lyra disse:

    Boa noite! Eu sigo e acompanho todas as dicas pelo insta.
    Só pra avisar…O imposto para cambio aqui no Brasil, subiu pra 1,10% desde 30/04/2016…isso em espécie. No cartão viagem continua o mesmo imposto de 6,38%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *