Viagem a Antártica: paraíso do fim do mundo. a
Registrate >
março 31, 2012

Antártica, o paraíso do fim do mundo.

Autor:

Uma das viagens que acredito ser uma experiência inesquecível é visitar a Antártica.

1-w540-h540

Meu amigo Nicolas Utman morou em Punta Arenas, ponto de partida da expedição e teve o privilégio de fazer esta fascinante viagem. Eu pedi pra ele nos contar um pouco sobre ela:

2-w540-h540

Like Chile: Nicolás, por que conhecer a Antártica?

Nicolás: Principalmente porque acho que é um privilegio chegar até um dos locais mais extremos do mundo. A Antártica desperta muita curiosidade por ser tão ilhada, fria e com um silêncio que chega ser ensurdecedor. A paisagem, fauna e o clima extremo, fazem da Antártica um local maravilhoso. É inacreditável como tem gente que mora aí. Agora eu posso falar “Eu estive lá”

3-w540-h540

A viagem começa na cidade de Punta Arenas onde você encontra a única empresa que faz este tipo de voo, chamada DAP, que conta com pilotos altamente treinados para fazer a travessia.

4-w540-h540

Para chegar até a Antártica o voo demora entre 3 à 4 horas e a grande vantagem é que os voo não podem pegar muita altura, então você consegue olhar perfeitamente a paisagem, os rios, montanhas e bosques nevados. A viagem pode ser feita durante o ano inteiro, mas sempre depende das condições do clima. É por isso que principalmente se fazem no verão (Dezembro, Janeiro e Fevereiro).

1974_1085853347776_1269664565_246451_7069_n-w540-h540

Não tive medo em fazer a travessia pela confiança que passam os pilotos. Algumas pessoas acham que os aviões são pequenos e até parecem frágeis, mas são os apropriados para fazer com segurança este tipo de viagem

1974_1085853867789_1269664565_246464_618_n-w540-h540

Like Chile:  Qual foi sua sensação quando viu a Antártica desde o céu?

Nicolás:  A sensação foi de muita emoção, alegria e adrenalina. Sabia que começava uma experiência única, não consegui entender como tem gente que mora naquelas condições, sem as coisas tão comuns para a gente como restaurantes, ou lojas, é aí que um repara que é muito afortunado de ter as coisas mais simples. Chegar até a Antártica faz você se sentir um Indiana Jones, um aventureiro do fim do mundo.

185868_1003775535882_1269664565_8857_6192_n-w540-h540

Like Chile:  Quais foram as coisas que mais chamaram sua atenção?

Nicolás:  Bom, eu fiquei 2 dias, tempo suficiente para conhecer e curtir essa bela paisagem, fazer passeios de barco, observar geleiras, o mar e os pinguins. Para caminhar tem que usar um calçado parecido com uma raquete e andar de moto de neve é muito bacana. No verão não existe noite, fica tudo como uma por do sol permanente. No inverno é o contrário, são poucas horas de luz.

189684_1003775375878_1269664565_8853_3377_n-w540-h540

Like Chile:  Que roupa tenho que levar?

Nicolás:  Bom roupa de frio com certeza, mas os passageiros acostumam chegar as bases de seus países, porque como você sabe, na Antártica tem muitas bases onde os científicos fazem pesquisas por exemplo do cambio climático. Nestas bases entregam roupa especial para suportar o frio e comida.

189748_1003777455930_1269664565_8867_3861_n-w540-h540

As casas onde habitam as pessoas são contêineres. Por dentro, são amplas e com as mesmas comodidades e decoração, como qualquer casa do mundo. É muito interessante como eles coseguem se relacionar mesmo não falando o mesmo idioma e compartir como se fossem uma grande família.

Na Antártica não moram só científicos. Eles moram com suas famílias, as crianças vão à escola normalmente, são pequenas, mas estudam igual que qualquer outro menino do mundo.

190380_1003772615809_1269664565_8834_1359_n-w540-h540

Quando acontece alguma urgência os habitantes tem que pegar um avião até Punta Arenas

199434_1003774335852_1269664565_8840_5278_n-w540-h540

Like Chile:  Finalmente pergunto porque recomendaria conhecer a Antártica?

Nicolás:  Sem duvida é um destino único no mundo, inclusive comparando com o Pólo Norte. Sentir que está no fim do mundo em local tão inóspito, mas ao mesmo tempo rodeado de uma natureza virgem, longe de shoppings e o barulho das grandes cidades, permitem se encontrar consigo mesmo. Eu recomendo.

Obrigado

Nicolás Utman nicolas.utman@gmail.com



Booking.com

Botão_Hotel no ChileBotão_Hostel no ChileBotão_Apartamento no Chile

Botão_Restaurante no ChileBotão_Balada no ChileBotão_Compras no Chile

Botão_Tours no ChileBotão_Rent a car no ChileBotão_Escola de idiomas no Chile

Imagem1

>> Patagônia chilena e as Torres del Paine

>> Hotel Rio Serrano nas Torres del Paine

>> Patagônia de Trailer, toda uma aventura.

1

2

1 2 3

<< Próximo Post                                                                                                        Post Anterior >>

Comentarios

Uma resposta para “Antártica, o paraíso do fim do mundo.”

  1. Viajar para Antártida? Sim, é possível até dormir uma noite por lá! | Ela viaja! disse:

    […] Tem relato no blog Like a Chile (as fotos, inclusive, são de lá) clicando AQUI. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posteriores

outubro 18, 2017

Comparte tu Historia.

Contactanos